UGT


Home  >  Notícias
Home  >  Notícias

NOTÍCIAS

Petrobrás tem lucro de R$ 6,9 bilhões no 1º trimestre, 56% maior do que o ano passado


09/05/2018

A Petrobrás reportou lucro líquido de R$ 6,961 bilhões no primeiro trimestre deste ano, o que implica aumento de 56% em relação a igual intervalo de 2017 e uma reversão em relação ao prejuízo de R$ 5,477 bilhões dos três meses imediatamente anteriores. O primeiro resultado do ano é o melhor da empresa desde o primeiro trimestre de 2013, quando lucrou R$ 7,6 bilhões.

 

O lucro ficou 21,4% acima das expectativas de analistas. As projeções indicavam lucro de R$ 5,734 bilhões para o intervalo entre janeiro e março, conforme a média das projeções de cinco bancos (Santander, Morgan Stanley, UBS, Credit Suisse e Itaú BBA) ouvidos pelo Prévias Broadcast.

 

O resultado foi impulsionado pelo aumento dos preços do petróleo, o que resultou em maiores margens nas exportações da commodity; pelo maior lucro com venda de derivados; pelas maiores margens e volumes na comercialização de gás natural e pelo corte de despesas.

 

O presidente da Petrobras, Pedro Parente, destacou que a companhia teve um resultado robusto no resultado do primeiro trimestre deste ano, "o maior resultado desde o primeiro trimestre de 2013, com um lucro operacional bastante satisfatório, representando um acréscimo de 25% em relação ao primeiro trimestre de 2017".

 

Outro destaque de Parente no primeiro trimestre do ano, afirmou o executivo, foi o indicador de alavancagem da companhia, de 3,52 vezes na relação dívida líquida/Ebitda ajustado. "Sem o acordo da class action seria de 3,07, mas mesmo com o acordo mantemos o compromisso de alcançar 2,5 vezes no final de 2018", informou Parente.

 

Ele reafirmou ainda a importância das parcerias para a Petrobras. "Fizemos parcerias importantes na área de exploração e produção com Total, Statoil, Exxon, BP e CNPC", destacou o executivo. 

 

O Ebitda (lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) ajustado da petroleira foi de R$ 25,669 bilhões no primeiro trimestre, com alta de 2% em relação ao mesmo intervalo de 2017 e ganho de 98% ante o quarto trimestre de 2017. A margem Ebitda ajustado ficou em 34% no primeiro trimestre do ano, ante 37% na mesma etapa de 2017 e em comparação aos 17% dos três meses imediatamente anteriores. A receita de vendas somou R$ 74,461 bilhões no primeiro trimestre, o que significa uma alta de 9% na comparação anual e queda de 3% na trimestral.

 

Fonte: Estadão


Categorizado em: Geral,



logo

Sindicato dos Comerciários de São Paulo


Rua Formosa, 99 - Centro - Anhangabaú - São Paulo/SP - 01049-000 - Tel.: (11) 2121-5900
ugt