UGT


Home  >  Notícias
Home  >  Notícias

NOTÍCIAS

Nintendo quer que usuário gaste menos com jogo de celular


12/03/2019

Os produtores de jogos para smartphones que estão trabalhando com a Nintendo descobriram que a criadora do Super Mario está disposta a criar obstáculos a que eles faturem mais com seus jogos.

 

Desde 2015, a Nintendo tem em vigor acordos de divisão de receita com os criadores de jogos para smartphones, como a DeNA. O download desses jogos é gratuito, mas os jogadores podem pagar por melhorias que aceleram seu avanço no jogo ou participar de sorteios (pagos) que lhes conferem o direito de jogar com personagens especiais.

 

Em alguns casos, os jogadores gastam centenas e até milhares de dólares para obter itens especiais.

 

Temendo que esse comportamento venha a manchar a imagem de sua marca, a Nintendo solicitou a seus parceiros que ajustem os jogos de forma que os usuários não gastem demais, de acordo com pessoas informadas sobre a companhia japonesa de videogames.

 

A Nintendo vê os jogos para smartphones primordialmente como forma de atrair mais interesse para os personagens de seus videogames, a fim de estimular os usuários a comprar jogos tradicionais para consoles, o principal negócio da empresa, segundo um executivo da Nintendo, que está preocupada com a possibilidade de ser criticada por excesso de cobiça em seus jogos para smartphones.

 

Para os produtores de jogos, isso pode significar uma perda de receita.

 

A CyberAgent, que desenvolveu “Dragalia Lost”, um RPG para smartphones, reduziu as projeções de receita em seu ano fiscal pela primeira vez em 17 anos, em parte em razão do desempenho decepcionante do jogo. Embora o número de jogadores do game tenha crescido devido a uma campanha agressiva de marketing, a receita gerada por jogador ficou abaixo das projeções.

 

Quando o jogo foi lançado, em setembro, usuários se queixaram da dificuldade de obter personagens raros nos sorteios realizados como parte do jogo, o que levou algumas pessoas a gastar mais a fim de continuar tentando. Representantes da CyberAgent dizem que a Nintendo solicitou que a companhia mudasse o jogo para evitar que os usuários gastassem demais.

 

Fonte: Folha de S.Paulo


Categorizado em: Geral,



logo

Sindicato dos Comerciários de São Paulo


Rua Formosa, 99 - Centro - Anhangabaú - São Paulo/SP - 01049-000 - Tel.: (11) 2121-5900
ugt