Tire 10 dúvidas sobre os pagamentos do IPVA e DPVAT no estado de São Paulo

08/01/2020

Pagamento à vista em janeiro garante desconto de 3% sobre o valor do débito

O calendário de vencimentos do IPVA de 2020 no estado de São Paulo terá início nesta quinta-feira (9), quando acaba o prazo para quitar a primeira parcela ou fazer o pagamento à vista para veículos com placa final 1.

 

O Agora preparou uma lista com respostas sobre como recolher o imposto.

 

Quem optar por pagar à vista terá desconto de 3%. O desconto vale a pena, considerando que o dinheiro aplicado não teria o mesmo rendimento.

 

Já no caso do contribuinte que parcelar, em três vezes (em janeiro, fevereiro e março), o valor é integral. É possível ainda quitar o imposto em fevereiro, em cota única, sem desconto.

 

Os proprietários de veículos movidos a gasolina e os carros flex recolherão 4% sobre o valor venal do automóvel. Já os veículos que funcionam somente com álcool, eletricidade e gás, ou com a combinação desses combustíveis, têm alíquota de 3%.

 

Também está liberado o pagamento do seguro obrigatório DPVAT de 2020. O seguro para acidentes deve ser quitado até a data de vencimento da cota única do IPVA, em fevereiro.

 

O pagamento dos tributos, além de eventuais multas, é indispensável para fazer o licenciamento anual do veículo, realizado diretamente no Detran-SP.

 

A consulta ao valor e o pagamento do IPVA podem ser realizados na rede bancária, por meio dos terminais de autoatendimento, pela internet ou diretamente nas agências. Basta ter o número do Renavam do veículo.

 

Também é possível verificar o valor diretamente no site da Secretaria da Fazenda do Estado de São Paulo (portal.fazenda.sp.gov.br/servicos/ipva/). Na consulta via portal, além do número do Renavam, é necessário informar a placa do veículo.

 

Neste ano, a desvalorização dos veículos usados provoca redução média de 3,54% do IPVA em São Paulo.

 

O dado é da Fipe (Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas), que pesquisou 11.868 diferentes marcas, modelos e versões de veículos.

 

TIRA-DÚVIDAS | CARROS REGISTRADOS EM SP

O calendário de pagamento do IPVA começa a vencer nesta quinta-feira (9) em SP.

 

Confira respostas para dúvidas sobre o pagamento do tributo no estado:

 

 

1 - De quanto é o imposto?

Veículos movidos a gasolina e os carros flex recolhem 4% sobre o valor venal do automóvel

 

Carros que funcionam só com álcool, eletricidade ou gás (ou com a combinação entre esses combustíveis) têm alíquota de 3%

 

2 - Houve aumento neste ano?

Não. As alíquotas do IPVA 2020 são as mesmas de 2019 e, como houve desvalorização média de 3,54% dos carros usados, na prática, o valor cobrado neste ano ficou menor

 

3 - Posso saber antes o valor que devo pagar?

Sim. A consulta ao valor e o pagamento do IPVA podem ser realizados nos canais de atendimento da rede bancária

 

Também é possível verificar o valor diretamente no site da Secretaria da Fazenda do Estado de São Paulo  (portal.fazenda.sp.gov.br/servicos/ipva/)

 

Se a consulta for realizada pelo site, além do Renavam, será também necessário informar a placa do veículo

 

4 - Como devo fazer o pagamento?

O IPVA pode ser pago na rede bancária autorizada (guichê do caixa, autoatendimento, internet banking, débito agendado) ou nas casas lotéricas

 

É preciso informar o código Renavam, que está no CRLV (Certificado de Registro e Licenciamento de Veículos)

 

5 - É possível ter um desconto?

Há desconto de 3% sobre o valor total do para quem fizer o pagamento antecipado à vista

 

No estado de São Paulo, para ter o desconto, é preciso quitar o débito ainda em janeiro

 

O prazo para o pagamento antecipado com desconto varia conforme o final da placa do carro

 

6 - Dá para pagar no cartão de crédito?

Sim, é possível realizar o pagamento parcelado no cartão de crédito

 

O serviço, porém, tem taxa e juros definidos pela empresa credenciada

 

Informações sobre o parcelamento podem ser obtidas no site: portal.fazenda.sp.gov.br

 

7 - Até quando dá para pagar?

O pagamento à vista, sem desconto, pode ser realizado em fevereiro, sendo que a data-limite depende do número final da placa

 

Também é possível parcelar o valor em três vezes. Mas para fazer essa opção, é necessário quitar a primeira parte em janeiro. Veja o calendário do IPVA em SP

IPVA2020.png

8 - Quando devo pagar o seguro DPVAT?

Em São Paulo, o seguro DPVAT deve ser pago até a data do vencimento da cota única

 

Quem não recolhe o seguro obrigatório fica sem a cobertura em caso de acidente

 

9 - Sou obrigado a pagar o DPVAT?

O pagamento do DPVAT, assim como o do IPVA, é necessário para licenciar o veículo

 

10 - Quais são os valores do DPVAT 2020?

Os valores do DPVAT de 2020 são os mesmos de 2019.

 

Confira:  

IPVA20202.png

 

Fonte: Agora SP