Escolas públicas de SP abrem, mas faltas já serão abonadas

16/03/2020

A partir de hoje, começa o processo gradativo de fechamentos das escolas das redes estadual e municipal de ensino público de São Paulo em razão da pandemia de coronavírus.

 

As faltas dos alunos também já serão abonadas a partir de hoje. As famílias que conseguirem se organizar, já podem deixar de levar as crianças e jovens às escolas. A suspensão completa das aulas começa em 23 de março.

 

Segundo as secretarias municipal e estadual de Educação, durante essa semana a merenda será servida aos alunos normalmente. Na rede municipal, o transporte escolar também funcionará.

 

As pastas informaram que estão estudando como farão para atender às famílias de maneira organizada e sem riscos para garantir que as crianças ainda recebam alimentação adequada mesmo com as aulas suspensas, a partir da próxima semana.

 

As escolas vão realizar nesta semana atividades de orientação para alunos e responsáveis que desejarem participar. Estão previstas palestras de conscientização com funcionários e estudantes para reforçar os protocolos de higiene e etiqueta respiratória.

 

Da terça (17) à sexta-feira (20), as escolas preveem realizar reuniões, em grupos pequenos, com pais e responsáveis para dar as devidas orientações sobre como será a suspensão das aulas.

 

Alunos em casa

A partir do dia 23 de março, as aulas serão suspensas em todas as escolas públicas de SP. Há ainda recomendação para que as particulares interrompam as aulas na mesma data.

 

A suspensão das atividades das escolas ainda não tem data para acabar. Neste período, poderão ser oferecidas atividades pedagógicas a distância, em diversas modalidades.

 

Segundo a Secretaria de Estado da Saúde, os alunos não devem ser deixados aos cuidados de idosos, como avós, pois eles fazem parte do grupo de risco da doença.

 

Fonte: Agora