Lojas da Apple no País ficarão abertas só para retiradas de aparelhos

17/03/2020

Após ter anunciado que fecharia todas as suas lojas fora da China até o dia 27 de março por causa do novo coronavírus, a Apple decidiu restringir o funcionamento de suas duas unidades no País. Na tarde desta segunda-feira, 16, a empresa confirmou ao Estado que as lojas do Morumbi Shopping (São Paulo) e do Village Mall (Rio de Janeiro) permanecerão abertas apenas para clientes que forem retirar aparelhos de compras agendadas previamente. 

 

Na manhã desta segunda-feira, a empresa havia afirmado que as lojas iriam continuar abertas normalmente, mas a situação se alterou. O Estado apurou que a empresa está monitorando as situações de cada país individualmente e que mudanças bruscas de planos poderiam acontecer, dependendo do avanço da pandemia em cada região. A Apple tem cerca de 500 lojas oficiais ao redor do mundo, incluindo centenas nos Estados Unidos.  

 

Em relação aos escritórios, os funcionários da filial brasileira estão em esquema de trabalho flexível, podendo fazer home office. A prática já foi adotada em outros países onde a empresa tem presença. Na sexta, 13, a Apple reabriu suas 42 lojas na China após mais de um mês de portas fechadas por causa do Covid-19. Além disso, as fábricas da Foxconn, maior fabricante terceirizada de iPhones do mundo, começaram a ser reabertas no país asiático.

 

Fonte: Estadão