Amazon anuncia a contratação de 100 mil novos funcionários para expansão da sua operação nos EUA e Canadá

15/09/2020

A Amazon anunciou que planeja contratar mais de 100 mil funcionários nos Estados Unidos e no Canadá, após a empresa registrar um aumento nas vendas durante a pandemia. O número representa um crescimento de quase 10% da atual força de trabalho global da empresa fundada por Jeff Bezos.

Somente neste mês, a varejista já anunciou a criação de 133 mil postos de trabalho. A gigante do comércio eletrônico também disse que irá abrir 100 novos espaços nas próximas semanas para garantir as operações da companhia.

As novas estações serão centros de distribuição onde os funcionários armazenam mercadorias e embalam pedidos, centros de triagem e estações aéreas.

“A Amazon continua a fornecer oportunidades para empregos de tempo integral e meio-período em sua rede de logística e atendimento à medida que expande sua presença para atender melhor os clientes nas comunidades onde vivem”, disse a empresa.

A Amazon já abriu mais de 75 novos locais e hubs aéreos regionais nos Estados Unidos e Canadá em 2020. Na semana passada, ela abriu um novo centro de distribuição em Beaumont, Califórnia, com mais de 1.000 funcionários em tempo integral e, no início de setembro, anunciou planos para adicionar 10 mil novos empregos à expansão de seu escritório e site de varejo em Bellevue, Washington.

O anúncio de hoje marca a quarta maior onda de contratações da empresa nos Estados Unidos neste ano. Ela começou a contratar 100 mil novos funcionários em março e não parou nem com a pandemia de coronavírus impondo medidas restritivas que paralisaram diversas atividades não essenciais.

Em abril, a Amazon criou 75 mil novos postos de trabalho e, no início deste mês anunciou mais 33 mil novas vagas, entre cargos de escritório e para a área de tecnologia. Segundo informações do site Business Insider, a empresa contratou mais de 300 mil funcionários durante a pandemia.

A expansão da companhia não se restringe apenas aos Estados Unidos e a América do Norte. No início do mês, a Amazon abriu mais um centro de distribuição no Brasil, na cidade de Cajamar.

O espaço de 100 mil metros quadrados é o quinto centro da companhia no país e o maior em funcionamento. A Amazon tem quatro centros em Cajamar e um em Cabo Santo Agostinho, no estado de Pernambuco, instalados em quase dois anos de operações no país.

Fonte: InfoMoney